07 agosto 2017

Maria Silvéria dos Mártires ― desafio nº 119

O meu crisântemo
Hoje é o teu aniversário, não tenho nada para te oferecer. Sei que não são as prendas que contam, o nosso amor não tem mais valor por isso. Essas coisas são secundárias. Para não perder tempo, num prado coberto de flores, deslumbrei-me com um crisântemo, bonito como o teu rosto. Prendi-o à lapela do teu casaco com um alfinete de marfim, fiz-te a surpresa no jardim dando-te os parabéns neste cinco agosto. Amo-te, de ti muito gosto.
Maria Silvéria dos Mártires, 70 anos, Lisboa

Desafio nº 119 ― crisântemo + alfinete

Sem comentários:

Enviar um comentário